www.laerciobeckhauser.com http://br.youtube.com/labeckhauser

LAÉRCIO  BECKHAUSER =  LBW +  Cosmos Brasil World

"Conhecimento é poder"  - Leia os textos! - LBW =  Beckhauser agradece!!!

(Lalá do Brasil) Labeck = LBW
Meu Diário
26/05/2014 03h17
CURTA a Vida, pois a Vida é curta...

CURTA a Vida, pois a Vida é curta...

A dificuldade de certas pessoas na tomada de decisões as tornam infelizes e inseguras.

O que fazer nestas circunstâncias?

Analisar, ponderar, refletir e decidir, pois só o tempo, que é o Senhor da Razão responderá se foi acertada esta atitude.

Não vale a pena sofrer por antecipação. 

Dê tempo ao tempo, ele constrói e destrói, esta é uma lei universal.


Publicado por Beckhauser em 26/05/2014 às 03h17
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.laerciobeckhauser.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
06/05/2014 08h50
Linguajar de Florianópolis - SC - Brasil
Estudei em Floripa (Florianópolis - SC - Brasil)) (ESAG-UDESC) e escutava nos bons tempos este linguajar açoriano, típico da Ilha : "Vô dijahoje ishpiá aquela tansa que tá maish prá um pau de virá tripa, maish meshmo assim é uma galega q...ue não dá dó. Vou carcá com ela prá BRIOI, todavida reto até chegá na casa dos meush paish e tu vais mofash cá pomba na balaia.... Ó-lhó-lhó ." Éeeeegua...!!!
Ainda torço palidamente para o Figueirense, "meshmo que ele esteje" ...
na lanterna do atual campeonato brasileiro de futebol profissional.... "Ó-lhó-lhó vou carcá para o JEC, pois dijáhoje móro em Joinville...."...

 

Para entender o texto da foto do galo: Expressões Catarinenses
(Estudei em Florianópolis (ESAG e EsFO-PMSC) e na época, era comum escutar estas expressões no interior da Ilha...)

“Tu arrombassi negô!” - Você arrasou amigo!


"Ô Bilica, fazia tempo que eu não botava ash baga em ti" = Dizer ao amigo, que fazia tempo que não o via.

Boi ralado - carne moída;

BRIÓI - O mesmo que BR101;

Cagar na baga - Ficar com medo e voltar atrás,Amarelar;

Camba àsh direitcha - Vire à direita;

Carca - Mesma coisa que, “Vai embora rápido”. Por exemplo: "Carca pra casa que o pai ta um demonho atrash de ti";

Coça - surra;

Comprar um chão - comprar um terreno;

Dás um banho! - Arrasou!;

Demonho - xingamento;

Dijahoje - hoje;

Dipé - o mesmo que "a pé" (cheguei a pé);

Dosh real - dois reais;

Embaciado - vidro sujo;

Galega - loira;

Ishtepô - estúpido, pessoa "caco";

Ir pra cidade - ir pro centro;

Ishpiar - olhar;

Jacarézinho de parede - Lagartixa;

Javoindo - Estou de saída;

Mofash cá pomba na balaia - Vais morrer esperando;

Ó-lhó-lhó - expressão de espanto significando "veja só!";

Quésh co digo? - Queres que eu diga?;

Pau de virá tripa - pessoa magrela e alta;

Penal - estojo;

Prábunito - coisa sem utilidade;

Reinando - estar bravo;

Taish tolo, tash? - Está doido?;

Taca-lhe o pau - ir bem depressa;

Tanso - pessoa pouco inteligente;

Todavida reto - siga sempre em frente;

Toma - Aguenta essa;

Visse? - Entendeu?;

DEU NO QUE DEU....
 


Publicado por Beckhauser em 06/05/2014 às 08h50
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.laerciobeckhauser.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
05/05/2014 06h13
Viva e curta a vida, pois a vida é curta...


 

ENTRAR e CURTIR...
Viva a vida, aqui e agora...
Curta a
vida, pois a vida é curta.

 
Se somos imortais, não sabemos, mas com a morte iremos atestar a força das nossas convicções e certezas.
DESCUBRA, CURTA e viva a VIDA, pois a Vida é curta...

Beckhauser
Enviado por Beckhauser em 05/05/2014
Reeditado em 05/05/2014
Código do texto: T4794602
Classificação de conteúdo: seguro

Publicado por Beckhauser em 05/05/2014 às 06h13
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.laerciobeckhauser.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
09/04/2014 04h20
Ciclo vital... - Nascer, viver, sentir e auferir, envelhecer e morrer...

Ciclo vital...



- Nascer, viver, sentir e auferir, envelhecer e morrer, ciclos naturais dos seres humanos que passam pelo globo terrestre.
- Se tiverem lucidez dos acontecimentos e fatos terão maior prazer em vivenciar seus momentos vitais.


- Caso contrário, farão parte de um rebanho de ovelhas comandadas por seu pastor.

VIVA A VIDA!


Publicado por Beckhauser em 09/04/2014 às 04h20
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.laerciobeckhauser.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
04/02/2014 09h00
Pás do Moinho da Oma em área rural de Joinville

 

 

Pás do antigo Moinho da Oma são remontadas na zona rural do bairro Vila Nova em Joinville

Empresário Laércio Beckhauser reergueu estrutura que já foi atração turística na BR-101

 
 
  •  
 

As pás do antigo Moinho da Oma, um dos símbolos da Joinville dos anos 1980 e 1990, às margens do km 42 da BR-101, junto ao principal acesso da cidade, são agora uma atração para quem circula na zona rural do bairro Vila Nova. Depois de vender a área ao lado da rodovia, o empresário Laércio Beckhauser preservou as peças da antiga construção e na semana passada remontou as pás de alumínio sobre um suporte erguido na Chácara da Oma, uma área da família na região das nascentes do rio Piraí.
 

Rogério Souza Jr/ND
Pás de alumínio foram montadas em um suporte que, no futuro, vai ganhar escadarias

 

Desde que o moinho foi desmontado, no início do ano, Beckhauser já tinha ideia de reutilizar as pás. As obras começaram há cerca de um mês e estão nos retoques finais. Na sexta-feira (6), as pás ganharam iluminação natalina com cem metros de lâmpadas LED. A estrutura de sustentação, com mais de dez metros de altura, ainda vai ser decorada com as cores do Joinville Esporte Clube. Também será instalada uma escada ao redor da torre e um pequeno mirante para se admirar a paisagem.

Além de preservar uma parte da história da cidade, o empresário destaca a proposta de um novo atrativo para o turismo rural. “As pás vão se tornar um ícone da zona rural de Joinville. O pessoal já parou aqui para fazer fotos”, comentou. A Chácara da Oma está localizada num ponto privilegiado, no encontro de três vias rurais – Estrada Piraí, Estrada Motucas e Estrada do Atalho. Para quem segue pela Estrada do Atalho, agora as pás do moinho se sobressaem na paisagem, compondo um belo cenário com as palmeiras reais ao longo da via e o verde das montanhas.
 

Carlos Junior/ND
Estrutura recebeu iluminação que se destaca à noite

 

Ponto turístico

“Essas pás já giraram um bocado, foram quase 30 anos. É uma coisa que ficou marcada e vai continuar chamando a atenção”, completou Beckhauser. Inaugurado em 1987, o Moinho da Oma era uma das atrações junto à Fábrica de Chocolate Caseiro Joinville, negócio iniciado por Beckhauser ainda em 1978. A partir dos anos 1990, o chamado complexo da Oma, que reunia na mesma área restaurante, lanchonete, loja e a fábrica de chocolate, se tornou um ponto turístico na BR-101.

Beckhauser lembra que uma das motivações para a construção veio depois de conhecer os moinhos de vento da Holanda. Na época, o moinho do Pórtico, símbolo da principal entrada de Joinville, já estava construído e também virou inspiração para que o Moinho da Oma fosse erguido no outro lado da rodovia. O terreno de cinco mil metros quadrados foi vendido no ano passado para um grupo comercial do setor automotivo. O local vai abrigar a primeira concessionária da marca BMW em Joinville. Além das pás do moinho, outras peças, equipamentos e estruturas existentes também foram retiradas e continuam guardadas na chácara do empresário.

cinco munições intactas
 
 
 
Publicado em 11/12/13-13:00
 
 
 
 
 
Etapas...
 
 

Publicado por Beckhauser em 04/02/2014 às 09h00
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.laerciobeckhauser.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 21 de 248 « 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
www.laerciobeckhauser.com (Lalá do Brasil) = LBW Labeck